APROVEITE JÁ E FAÇA SUAS COMPRAS NA LOJA PARCEIRA MERCANTIL ESTRELA!

APROVEITE JÁ E FAÇA SUAS COMPRAS NA LOJA PARCEIRA MERCANTIL ESTRELA!

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

GERALDO MELO PREVÊ DIFICULDADES PARA ROBINSON, RECONHECE BOM MOMENTO DE FÁTIMA, MAS AINDA ACREDITA NA FORÇA ELEITORAL DE CARLOS EDUARDO.


O ex-governador e ex-senador, Geraldo Melo (PMDB), que anda "falando pelos cotovelos" quando a pauta é a disputa eleitoral que será travada no próximo ano, opinou sobre a corrida estadual de 2018, no Rio Grande do Norte, ao conceder entrevista ao Portal Agora RN (Veja AQUI).

No tocante ao embate para o Governo do Estado, Geraldo Melo considerou o atual momento extremamente negativo para o governador Robinson Faria (PSD), sobretudo no campo administrativo, fato que, para o peemedebista, deverá dificultar o projeto de reeleição do Chefe do Executivo estadual.

Apesar de estar filiado a um partido que diverge ideologicamente do PT, Geraldo Melo reconheceu o bom momento vivenciado pela senadora Fátima Bezerra, inclusive, atribuindo-lhe um certo favoritismo, mesmo que circunstancial. No entanto, demonstrou acreditar que os escândalos que envolvem o PT nacional poderá respingar sobre a postulação da petista local.

Mas, quando falou na possibilidade de uma candidatura do prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), o ex-senador disse acreditar na força do capital eleitoral do gestor natalense. Todavia, deixou transparecer que, caso o pedetista não aceite disputar o Governo, o nome do desembargador Cláudio Santos deverá ser a segunda opção de seu grupo político (PMDB/DEM).

Por último, Geraldo Melo comentou sobre as opções para o Senado Federal, que terá duas vagas abertas para disputa no RN. Segundo ele, tanto Garibaldi Filho (PMDB) quando José Agripino (DEM) são os favoritos, porém, reconheceu que os dois enfrentam problemas.

Fonte: Política Pauferrense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário